Olhos que condenam: um dilacerante retrato de injustiça

Hoje maratonei a minissérie original da Netflix “Olhos que condenam” (When they see us). A obra retrata com muita sensibilidade a história de cinco meninos nova-iorquinos e de comunidades periféricas, que foram injustamente acusados de ter cometido um estupro brutal no Central Park. Trisha Meili era uma jovem de 28 anos que estava correndo no …

CNV: o momento do pedido

O quarto momento/elemento principal da prática da Comunicação Não-Violenta é o pedido. Todos os elementos anteriores preparam a construção de um pedido que vá nos ajudar ou ajudar a outra pessoa a ter algumas de suas necessidades atendidas. Consequentemente, essa ideia de apoio mútuo ajuda, basicamente, a vida a se tornar um pouquinho mais maravilhosa, …

My Child Lebensborn: um game de experiência empática

My Child Lebensborn é um game que carrega uma sensibilidade muito marcante. Trata-se de um game de experiência empática que terminei de jogar há alguns dias atrás, que me proporcionou muitas reflexões e sentimentos. Este jogo norueguês trata de um momento pós Segunda Guerra Mundial. A Noruega foi ocupada pelos nazistas no período da guerra, …

Comunicação Não-Violenta: Workshop Vivencial em Passo Fundo – RS

É com imensa alegria que estarei no dia 25 de maio (sábado) atuando como facilitadora de um Workshop Vivencial sobre Comunicação Não-Violenta em Passo Fundo – RS. A atividade é uma parceria com o pessoal do Andorinhas – Coletivo em Movimento. Se você é aqui da região, venha passar uma tarde de sábado de aprendizado, …

Boneca Russa: a compaixão como chave para a libertação

*Este texto contém spoilers sobre a série Boneca Russa (Russian Doll) Já tinha um tempo que eu queria sentar e escrever sobre a série excelente Boneca Russa, cuja primeira (e espero que única, porque se mexer pode estragar) estreou em fevereiro na plataforma da Netflix. Esta produção original tem como criadoras a Natasha Lyonne (conhecida …