Olhos que condenam: um dilacerante retrato de injustiça

Hoje maratonei a minissérie original da Netflix “Olhos que condenam” (When they see us). A obra retrata com muita sensibilidade a história de cinco meninos nova-iorquinos e de comunidades periféricas, que foram injustamente acusados de ter cometido um estupro brutal no Central Park. Trisha Meili era uma jovem de 28 anos que estava correndo no …